Dor nas Articulações → Causas, Tratamentos e Mais

A dor nas articulações pode ter diversas causas, mas ela mostra que os tecidos das articulações estão inflamados ou com alguma infecção.

dores articulares

Resumo: Dores Articulares
Possibilidades: Lesões, artrite, artrose
Sintomas:
  • Dores ao movimentar-se
  • Dores nas juntas
Tratamentos:
  • Suplementação
  • Fisioterapia
  • Injeções
Locais afetados:
  • Pulsos
  • Cotovelos
  • Coluna

Dores articulares nos joelhos, no quadril e nas mãos são as mais frequentes, podendo ser pontuais (agudas) ou regulares por um período de tempo maior, tornando-se crônicas.

São a consequência de uma inflamação do tecido presente no interior da articulação ou dos tecidos ao redor, onde esse tecido é uma membrana que delimita a articulação.

Apesar de ser comumente associada à idade, temos vistos muitos jovens sofrendo com dores articulares.

Aqui, você vai saber tudo sobre dores nas articulações, suas causas, fatores de risco, como aliviar as dores e muito mais.

O que são articulações?

As articulações do nosso corpo são estruturas complexas que revestem diversos tecidos: tecido conjuntivo, cartilagens, membranas, ligamentos, tendões, etc.

E se trata da junção entre os ossos e/ou cartilagens e também se referem ao conjunto dos tecidos que mantêm essa junção.

Graças a elas que conseguimos realizar todos os movimentos do nosso corpo, justamente por elas se moverem constantemente.

Por isso que a dor nas articulações é tão frequente, e é importante buscar a causa e tratar o quanto antes, tanto para não agravar o quadro quanto para aliviar a dor.

Só para você saber, quando ocorre uma inflamação dos tecidos que revestem uma articulação, o nome dado é sinovite, a qual é mais frequentemente associada à artrite ou gota.

Causas de dores nas articulações

Diferentes problemas podem afetar diferentes articulações. E é exatamente por isso que os médicos não podem generalizar suas causas, principalmente quando a dor atinge não apenas uma articulação, mas em várias.

Se muitas articulações são afetadas, determinados problemas são mais suscetíveis que outros de atingir aquela mesma articulação. Por exemplo, sentir dor nos dois joelhos ou nas duas mãos. Apesar de normalmente se associar a dor nas articulações ao processo de envelhecimento, ela não se limita apenas aos mais velhos.

Por exemplo, uma lesão durante um exercício físico pode causar uma dor articular acompanhada de uma inflamação ou até uma limitação do movimento. E como as complicações dependem essencialmente de sua origem, podendo se traduzir em deformações, dores durante os movimentos ou uma limitação da mobilidade, veja abaixo quais as principais causas.

Artrite

A artrite é quando há uma inflamação aguda ou crônica de uma ou mais articulações, gerando muitas dores. A tendência é que o quadro piore com a idade, e dependendo pode inclusive limitar muito os movimentos.

Artrose

A artrose é uma condição associada à idade, que pode se manifestar em uma articulação ou às vezes em mais de duas articulações. As articulações maiores, que são aquelas que sustentam o peso do corpo, como o quadril e os joelhos, na maioria das vezes, são as primeiras a ficarem doloridas.

É caracterizada por uma redução da cartilagem que envolve a articulação e pela formação de calcificações ósseas no espaço articular.

Lesões

As lesões, sem dúvida, é a principal causa da dor nas articulações. Dificilmente, você vai encontrar uma pessoa que não terá, pelo menos, uma vez na vida algum tipo de lesão. Isso pode acontecer em razão da prática de esportes, quedas, por situações banais, como uma torção no tornozelo ou quando se sobrecarrega demais uma determinada articulação.

Nesse caso, as estruturas articulares mais afetadas são os ligamentos, mas os músculos e os tendões ao redor das articulações também podem desenvolver uma inflamação.

Artrite Reumatoide

Se comparada à artrose, a artrite reumatoide é um problema que pode acarretar dor nas articulações em uma idade mais jovem.

É uma doença autoimune, ou seja, o sistema imunológico ataca as estruturas articulares porque ele não consegue diferenciar as células do organismo de células estranhas.

Na maioria das vezes, a artrite reumatoide causa dor em várias articulações ao mesmo tempo. Ao contrário da artrose, há uma tendência de atingir as articulações menores, principalmente aquelas das mãos e pés.

Os sintomas podem ser intermitentes, às vezes, a pessoa tem crises de dor, mas em outros momentos, pode não sentir nada.

Por se tratar de um problema sério, deve ser diagnosticada e tratada por um médico especialista.

Gota

A gota é um distúrbio metabólico, que é caracterizado pelo acúmulo de cristais de ácido úrico no sangue, onde esses cristais ficam localizados nas articulações e nos tecidos. Quando o ácido úrico está presente nas articulações, isso provoca uma reação inflamatória e, consequentemente, causa inchaço e dor no local.

As articulações dos dedos dos pés são as primeiras a serem atingidas, mas outras como aquelas dos joelhos, cotovelos e dedos podem ser também afetadas.

Sinovite

O líquido sinovial é responsável pela lubrificação das articulações, mas se o tecido sofre alguma irritação, pode acarretar um aumento do líquido. E isso causa calor, dor na articulação, inchaço e vermelhidão, até mesmo quando a pessoa está parada.

A dor nas articulações pode também resultar de alguns problemas de saúde mais raros. Veja alguns:

  • Infecção nas articulações;
  • Tumores nos ossos;
  • Reações alérgicas a medicamentos;
  • Excesso de vitamina A;
  • Hepatite A, B ou C;
  • Caxumba;
  • Catapora;
  • Tendinite;
  • Rubéola;
  • Sarampo;
  • Gripe;
  • Doença de Lyme;

Entre outras.

Locais mais comuns das dores articulares

Antes de mais nada, saiba que a localização das dores e sua intensidade, assim como as circunstâncias que apareceram, dependem da causa, seja uma artrite, uma artrose, uma lesão, dentre outras.

Mas aqui separamos os locais onde aparece com mais frequência:

  • Mão: é mais comum em idosos, mas também pode ser artrite ou gota. No entanto, alguns desportistas podem apresentar dor na articulação das mãos, como praticantes de basquete ou vôlei.
  • Joelho: pode ter origem em uma tendinite ou torção, mas pode provocar outros sintomas como inchaço e dificuldade para movimentar.
  • Cotovelo: é muito normal em razão de movimentos repetitivos do antebraço e do punho.
  • Ombro: pode indicar uma bursite, tendinite ou artrose.
  • Dedos dos pés: se a dor for específica do dedão do pé, vale investigar mais a fundo porque pode ser gota.
  • Pés: geralmente, a artrite reumatoide causa muitas dores nos pés, inclusive ficando muito inchados.

Independente de onde esteja localizada a dor, é essencial que você avalie a progressão e o mais indicado é procurar um médico. Muitas vezes, como já foi falado, pode haver uma doença por trás da dor nas articulações.

Ainda existem alguns mitos em relação ao que pode piorar a dor nas articulações, mas é sempre bom ficar atento a algumas situações:

Dor aguda no frio

Muitas pessoas relatam que em temperaturas muito baixas, sentem mais dores.
Mas isso é porque estão com uma maior sensibilidade e percebem uma dor mais intensa.
Entretanto, os médicos afirmam que não há nenhuma correlação que o frio piore a inflamação nas articulações.

Dor ao levantar

Se você sente dores ao levantar, é bem provável que não teve um sono tranquilo e acorda já cansado. É importante observar se isso é frequente e tentar dormir, pelo menos, 8 horas por noite.

Dor na academia

Dependendo do exercício físico praticado e se não for feito da forma correta, pode acabar sobrecarregando as articulações e gerando dores.

Ansiedade

Quando a pessoa está muito ansiosa ou estressada, pode sentir dores pelo corpo, só que muitas vezes ela não faz a associação. Todas essas situações podem causar dor nas articulações, mas nada que seja muito sério. Mesmo assim, preste atenção se as dores são recorrentes e por um longo período de tempo.

Fatores de risco

Quando falamos em fatores de risco é porque algumas doenças, além das citadas acima, podem apresentar sintomas de dor nas articulações. E é muito importante descartar todas elas.
Se por um acaso você sente dor nas articulações em todo o corpo, tenha em mente que pode indicar algum sinal de infecção ou dengue, Zica e Chikungunya.

Por exemplo, a Chikungunya pode evoluir para uma artrite crônica se não for tratada de forma adequada.

Um outro fator que pode agravar as dores é o cigarro, pois enfraquece as articulações. E ossos fracos aumentam o risco de lesões. Já se sabe que o tabagismo é um fator de risco para o desenvolvimento da artrite reumatoide.

Quando você está investigando as causas das dores nas articulações, é muito importante descartar algumas doenças, e uma delas é a hepatite B. Por quê?

Porque um dos sintomas da hepatite B, entre outros, é dor nas articulações. Então, se for uma dor persistente e se vier acompanhada de febre, fadiga, urina escura, icterícia, procure imediatamente um médico.

Você viu acima que a Gota pode ser uma das causas das dores articulares e saiba que o consumo em excesso de álcool aumenta a concentração de ácido úrico no sangue, o que pode desencadear a doença.

Outro caso é o da pessoa que está com anemia, pois também pode apresentar dor nas articulações, é claro que em conjunto com outros sintomas.

Quem sofre de hipotireoidismo também pode apresentar dores musculares e articulares, aliado à perda de peso, cansaço excessivo e sonolência.

Então, todas as pessoas que sentem dores articulares precisam avaliar com muito cuidado a presença dessas doenças, pois muitas vezes uma simples dor pode ser sinal de algo mais sério.

Dores somadas a outros sintomas

Você pode ter dores nas articulações, mas acompanhadas de outros sintomas, como por exemplo, uma gripe, febre, tontura, enjoo, fadiga, diarreia, urticária, etc. Todas essas condições podem provocar dores articulares. Uma pessoa com gripe fica com dor em todo o corpo, assim como o mal-estar causado pela febre.

Vale ressaltar a importância de verificar o que está por trás dessas dores. De repente, você pensa em aliviar apenas a dor, só que o que causou foi uma diarreia, por exemplo. Muitas pessoas, até pela falta de informação, não têm o costume de fazer uma associação dos sintomas e acabam não buscando o tratamento adequado.

Mas tendo em vista que o quadro pode se agravar, nunca negligencie qualquer sintoma, principalmente se persistir por mais tempo.

Tratamento

Como você viu, a dor nas articulações pode ser causada por vários fatores, mas o tratamento vai depender do diagnóstico feito por um médico especialista. Somente um profissional é capaz de prescrever o medicamento mais indicado, assim como a dosagem e o tempo de tratamento.

Hoje, no mercado, existem diversos medicamentos, mas lembrando mais uma vez, apenas o médico pode fazer a prescrição. Se você sofre com dores, nunca de automedique. Dependendo da intensidade da dor, o médico pode indicar medicamentos orais não-esteroides ou anti-inflamatórios e em alguns casos, injeções sistêmicas ou locais de esteroides.

Diminuição das dores

Ainda existem muitas dúvidas em como diminuir as dores, inclusive algumas pessoas acreditam que apenas os medicamentos resolvem, veja a seguir algumas formas de aliviar as dores.

Não estamos querendo dizer que não sejam benéficos, mas você pode fazer outras coisas para melhorar e até prevenir as dores:

  • Prática de exercícios físicos: fortalece a musculatura e estimula a movimentação;
  • Alongamentos;
  • Manter uma alimentação saudável, como por exemplo, adicionar brócolis, couve, suco de laranja e derivados do leite;
  • Controlar o peso, pois o excesso de peso sobrecarrega as articulações;
  • Evitar ficar muito tempo sentado;
  • Não fumar;
  • Fazer massagens para relaxar os músculos e articulações;
  • Fisioterapia também ajuda no alívio das dores.

São coisas relativamente simples, mas o ideal é que você converse com seu médico antes para lhe orientar quanto ao melhor tratamento.

Reposição de vitaminas

A grande maioria das pessoas não conseguem ter todos os nutrientes e vitaminas necessários através da alimentação, sendo necessário fazer a reposição das vitaminas.

Você deve saber que as proteínas são os elementos mais importantes para a formação dos nossos ossos e músculos. O cálcio também é um mineral fundamental para a constituição dos ossos.

O ideal é a pessoa manter uma alimentação saudável para assegurar todos os nutrientes necessários, não apenas para evitar problemas nas articulações, mas para o bom funcionamento do corpo como um todo.

Agora, a vitamina D ajuda muito na absorção do cálcio. Além disso, ela tem uma influência direta no fortalecimento muscular. Ela regula o sistema imunológico e ajuda a prevenir muitas doenças.

Um outro nutriente de grande importância é o magnésio, pois além de melhora o funcionamento dos nervos e músculos, auxilia na formação óssea.

Se você conseguir suplementar alguns nutrientes vai lhe trazer muitos benefícios para as articulações e ossos, reduzindo o risco de dores, fraturas e perda de mobilidade.

Write a Comment