Guia da Ioimbina → Benefícios, Funcionamento e Doses

Perda de Peso
Conheça a ioimbina e entenda porque ela é tão utilizada ao redor do mundo. Além de ser eficiente no combate à perda de peso, também apresenta ótimos resultados na queima de gordura localizada e no combate à disfunção erétil.
Manuela Jobst Nutricionista Clínica

A Ioimbina, também conhecida por Yohimbine, é um fármaco que possui princípio ativo proveniente de duas árvores típicas do continente africano chamadas Corynanthe yohimbe e Pausinystalia yohimbe

De maneira geral, o consumo de ioimbina pode ser um grande aliado para quem deseja perder alguns quilos, visto que ela promove o aumento do consumo de energia pelas células, o que favorece a redução de peso e a queima mais rápida de energia.

As cápsulas de ioimbina agem de maneira a promover o aumento da excitabilidade das células do nosso corpo, levando a um maior consumo e, consequentemente, gasto de energia, o que resulta na queima das tão detestadas gorduras localizadas - presentes principalmente no abdômen, coxas e glúteos.

Aqui no Brasil, a ioimbina se tornou bastante conhecida por ser componente da fórmula de diversos suplementos alimentares, principalmente os termogênicos - usados principalmente na queima de gordura e perda de peso.

O que é a Ioimbina?

A ioimbina é uma substância encontrada em grandes concentrações principalmente nas cascas dos troncos das árvores africanas Corynanthe yohimbe e Pausinystalia yohimbe.

Para obter o extrato desse ativo é necessário raspar os troncos. Após feita a extração de maneira correta, a ioimbina é isolada e sintetizada como cloridrato de ioimbina.

Somente então, esse ativo pode ser comercializado como ingrediente primordial de suplementos alimentares ou na forma de cápsulas.

Como é um estimulante natural e que contribui para um maior gasto energético do corpo humano, o consumo da ioimbina passou a ser utilizado antes dos treinos e se tornou um aliado popular na perda de peso e queima de gorduras localizadas.

Para que serve?

Conhecida principalmente por ser um composto recorrente em suplementos, a ioimbina apresenta diversas outras funcionalidades benéficas para o ser humano. 

Além de funcionar como ótimo colaborador no processo de emagrecimento, a ioimbina também apresenta importante papel em outros benefícios para o corpo humano.

Confira nos tópicos a seguir as suas principais funcionalidades:

Perda de peso e queima de gordura localizada:
Duas das funções primordiais da ioimbina são acelerar a queima de gordura, principalmente das localizadas, e diminuir o apetite. O uso desse composto associado a uma dieta balanceada e rotina diária de exercícios aceleram - e muito o processo de perda de peso;
Combate à impotência sexual:
A ioimbina é historicamente utilizada como um estimulante sexual. Ela promove maior bombeamento do sangue, melhorando a potência e o tempo da ereção.

Doses e como tomar

A ioimbina é procurada, principalmente, por quem quer emagrecer ou quer tratar a disfunção erétil.

Entretanto, mais importante do que tomar o ativo é saber ingeri-lo da maneira correta e na dosagem correta para que ele faça efeito no seu corpo. 

Por ser um ativo natural, extraído da casca de árvores, o consumo da ioimbina não requer prescrição médica, apesar de ser indicado consultar um especialista antes de iniciar o tratamento.

Essa substância pode ser encontrada em forma de extrato, cápsulas ou pó. Independente da forma consumida, a dose diária segura é de 0,2 mg/Kg. 

Ou seja, se uma pessoa pesa 70 Kg, para saber sua dose diária ideal basta multiplicar 70 por 0,2, resultando em 14mg de ioimbina. Dessa forma, esse é o valor máximo permitido da substância por dia para quem pesa 70 Kg.

#1
Para emagrecer

As cápsulas de 5mg são vendidas em blocos de 60 e normalmente são indicadas para quem quer emagrecer. 

Respeitando a dosagem máxima de acordo com o seu peso, você pode ingerir a ioimbina em jejum, antes de praticar sua atividade física diária, para maximizar os efeitos desse ativo.

#2
Para a disfunção erétil

As cápsulas com dosagem de 5,4mg também são vendidas em caixas com 60 unidades, mas seu uso é indicado para tratar disfunção erétil. 

Para esse tipo de transtorno, é indicado um comprimido três vezes ao dia, e o tratamento não deve exceder a duração de 10 semanas.

Benefícios

Além de atuar no combate à disfunção erétil e ser um grande aliado na perda de peso e queima de gorduras localizadas, a ingestão de ioimbina também traz outros benefícios à saúde.

Seja na fórmula de cápsula, pó ou extrato, esse ativo natural é capaz de melhorar outras áreas do seu corpo. 

Por promover maior fluxo sanguíneo no corpo inteiro, seus benefícios podem ser sentidos em outros locais além daqueles que você deseja.

Sabendo quais mudanças irão ocorrer em você quando iniciar o uso da ioimbina, você pode se programar melhor para obter melhores resultados e se beneficiar ainda mais do uso desse ativo.

Confira a seguir outras vantagens da ioimbina:


Possui ação antioxidante: por ser um vasodilatador, a ioimbina é um grande aliado na ação antioxidante das células do corpo;
Aumenta os níveis de energia: por promover a excitação das células, esse ativo também tem papel de destaque no aumento do nível de energia, principalmente se seu uso for conciliado com a realização de exercícios físicos;
Melhora a resistência física: sua ação vasodilatadora permite que um maior fluxo de sangue percorra o corpo e, quando é utilizado em comunhão com a prática de atividades físicas regulares, promove maior resistência física;
Auxilia no tratamento da celulite: a ação da ioimbina ocorre de forma a acelerar o processo de lipólise, ou seja, quebra das moléculas de gordura, se tornando um estimulante na eliminação das celulites.

Perguntas frequentes

Assim como qualquer outro ativo que traz tantos benefícios à saúde, a ioimbina desperta algumas curiosidades e dúvidas.

Essa reação é muito normal, dado que não é um remédio e sim um ativo natural ainda pouco conhecido no Brasil. Por isso, reunimos aqui as perguntas mais frequentes para te ajudar na sua tomada de decisão.

1
Quanto custa a ioimbina?

Em média, o preço do cloridrato de ioimbina com 60 cápsulas de 5mg cada uma custa aproximadamente 30 reais, entretanto, esse valor pode variar de acordo com a quantidade de comprimidos na caixa e com a posologia dos comprimidos.

2
A ioimbina apresenta efeitos colaterais?

Sim. Os principais efeitos colaterais podem incluir aumento da pressão arterial, aumento dos batimentos cardíacos, irritabilidade, vertigens, náuseas, vômitos, dores de cabeça, transpiração excessiva, urticária, vermelhidão na pele ou tremores.

3
O uso da ioimbina apresenta contraindicações?

O uso da ioimbina é contraindicado em casos de pessoas que apresentem disfunção renal, insuficiência hepática, angina de peito, pressão alta e doenças cardíacas, bem como em casos de pessoas com hipersensibilidade a algum dos componentes da fórmula.