Guia do Selênio → Benefícios, Funcionamento e Doses

Cérebro
O selênio é uma substância bastante estudada e, dessa forma, muito relevante para a nossa saúde. Entenda quais são os benefícios deste mineral, cujas funções são múltiplas. No entanto, não exagere na dose, pois pode haver efeitos colaterais. Para isso, veja como utilizá-lo em prol da sua saúde e bem-estar.
Manuela Jobst Nutricionista Clínica

As pessoas têm buscado cada vez mais alternativas eficientes e eficazes que contribuam para o desenvolvimento de uma vida mais saudável. Esse ideal está na cabeça de muitos de nós, que, mesmo com tempo curto, procuramos mais artigos, vídeos e conteúdos básicos sobre saúde corporal. 

Com isso, vários medicamentos, suplementos e afins ganharam o mundo digital, atendendo as necessidades de vários. Um desses exemplos, podemos citar a substância que iremos tratar neste texto, a qual é o selênio, muito conhecido de nós, desde quando estudávamos a famosa tabela periódica. 

Neste artigo, falaremos sobre seus benefícios, fontes desse mineral e como tomar para não sofrer com efeitos indesejados. Confira!

O que é o Selênio?

Conforme dissemos antes, o selênio é um mineral, cujas propriedades são diversas e benéficas para o nosso organismo, tais como as antioxidantes, nos auxiliando no combate de doenças neurodegenerativas como Alzheimer e Parkinson, além de contribuir para o bom funcionamento da tireoide, órgão essencial para o controle do nosso metabolismo. 

Essa substância pode ser encontrada em diversos alimentos, os quais podem ser a castanha-do-pará, feijão, arroz, alho, bacalhau, atum, aveia, repolho, pão francês e entre outros.

Além disso, o nosso organismo precisa de selênio para a produção de aminoácidos como a seleniocisteína e a seleniometionina, os quais irão desempenhar uma série de benefícios como foram falados no início desta seção. 

Além disso, o selênio se constitui de grande importância para o fortalecimento do nosso sistema imunológico, prevenindo o surgimento de diversas doenças e de tumores. Veja na próxima seção os objetivos com os quais você terá ao ingeri-lo.

Para que serve?

O selênio possui diversas propriedades bastante positivas para nossa saúde e bem estar. Dessa forma separamos as principais utilidades que você terá, seja na alimentação, seja na suplementação desse mineral. Quem toma selênio busca:

Maior imunidade:
O selênio, em algumas pesquisas, auxilia no fortalecimento do sistema imunológico. Em grande parte, isso se deve a ações antioxidante e anti-inflamatória;
Prevenir doenças cardiovasculares:
O selênio está diretamente associado a uma melhor circulação sanguínea, o que previne o risco de infarto. Além disso, esse mineral diminui a concentração de colesterol ruim no coração (LDL);
Combate a obesidade:
Quem faz uso de selênio, tem propensão ao emagrecimento, uma vez que o mineral busca regular o metabolismo através da boa manutenção da tireoide, órgão que possui a função de controle do peso do indivíduo;
Menor envelhecimento:
Por haver propriedades antioxidantes, o selênio promove uma maior longevidade celular, uma vez que ele protege as células dos radicais livres, os quais contribuem para o estresse oxidativo, o que promove o envelhecimento do organismo como um todo.

Doses e como tomar

Existem vários alimentos que possuem concentração de selênio. No pão francês, por exemplo, há cerca de 10 microgramas a unidade. No frango, há 7 microgramas por 100 gramas.

Na gema de ovo, 3,4 microgramas cada. Como a quantidade de selênio, em geral nos alimentos, é baixa, se torna interessante a sua versão de suplemento, as quais são vendidas com preços que vão de 20 a 170 reais em média. 

O grande segredo do selênio está em como ingeri-lo, uma vez que consumido em quantidades exageradas, pode causar efeitos não muito desejáveis como fraqueza muscular, fadiga, irritação, fraqueza de unhas e cabelos e dores de cabeça.

A longo prazo, esses efeitos podem piorar, podendo levar a convulsões, paralisia e danos neurológicos. Portanto, nunca façam o uso sem antes consultar um médico.

#1
Por dia

A ingestão segura de selênio por dia, segundo a ONU, é de 55 microgramas para adultos saudáveis. Os suplementos, por sua vez, são mais recomendados a pessoas que possuem baixa imunidade – caso de portadores de HIV. 

Dessa forma, as cápsulas possuem concentrações maiores de selênio, podendo ter até 400 microgramas, quantidade máxima indicada para se consumir o mineral.

Na maioria das bulas, recomenda-se que se tome de uma a duas cápsulas de 100 mcg por dia, de preferência após as refeições. Não havia especificações quanto a horários.

Benefícios

São inúmeros os benefícios do selênio constatados na literatura medicinal. Já vimos até este ponto da leitura que ele pode contribuir para um ganho na imunidade e que sua ação antioxidante pode prevenir o envelhecimento precoce. Separamos outras vantagens com as quais você terá no uso deste importante mineral. Veja!


Prevenção de tumores: O selênio, por ter uma ação antioxidante incrível, protege células dos efeitos dos radicais livres no sangue, os quais fazem com que a célula fique defeituosa, podendo causar doenças como câncer;
Regulação da tireóide: Essa é uma das principais ações do selênio no organismo. Isso porque a ingestão desse mineral contribui para a transformação e produção de uma substância ativa da tireoide: o T4, o qual será responsável pela realização de todas as atividades do órgão no corpo, tais como gerenciar o metabolismo, controle do peso, entre outras;
Excelente anticoagulante: O selênio contribui para a desobstrução dos vasos sanguíneos, deixando o sangue livre de gorduras e de toxinas que possam prejudicar a circulação sanguínea;
Prevenção de doenças neurodegenerativas: Segundo pesquisas, o selênio está relacionado com a prevenção de doenças como E.L.A., Alzheimer e Parkinson.

Perguntas frequentes

São muitas dúvidas acerca do selênio, medicamento tema deste artigo. Não era de se esperar de outra forma, já que há uma vasta gama de pesquisas em torno desse mineral que muito contribui para nossa saúde. Selecionamos e respondemos, abaixo então, algumas dúvidas sobre essa substância. Leia!

1
Qual é o melhor horário para se ingerir selênio?

Isso fica à sua escolha, uma vez que não é um medicamento que causa interferências no sono. A única recomendação é que seja tomado o suplemento de selênio após as refeições.

2
O que é selênio e para que serve?

Selênio, como já dissemos, é um mineral que possui propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes importantes para o organismo. Sua função principal reside na regulação da tireóide, o qual auxilia o nosso corpo no metabolismo, perda de peso, humor, crescimento de cabelos e unhas mais fortes e melhora da imunidade.

3
Como tratar o excesso de selênio no organismo?

O excesso de Selênio pode desencadear ações não muito desejáveis para nosso organismo, tais como fadiga, irritação, fraqueza de unhas e cabelos e alucinações se as doses forem tomadas a longo prazo. 

Para se desintoxicar, é preciso evitar a ingestão de alimentos ricos em sua concentração (ex: castanha-do-pará) e de seus suplementos. Nesse caso, é preciso fazer uma avaliação semanal para se certificar da sua redução no organismo.